Pesquisar neste blog:

sábado, 2 de abril de 2016

Accept no Brasil - provável set list

Os mestres do heavy metal teutônico estão de volta! Depois de duas apresentações no ano passado, incluindo um belo show no festival Monsters of Rock, o Accept retorna ao Brasil para sua própria turnê, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus e Curitiba. Vamos conferir o provável set list que será praticado nos shows!

No final de 2014, o Accept sofreu duas baixas: o baterista Stefan Schwarzmann e o guitarrista Herman Frank. Somente em abril do ano seguinte, pouco antes das apresentações no Brasil, que os substitutos foram revelados: Uwe Lulis (ex-Grave Digger) na guitarra e Christopher Williams na bateria. Sem pestanejar, a nova formação caiu na estrada, fez uma grande apresentação no festival Monsters of Rock e partiu para uma longa turnê europeia, de maio a agosto (verão europeu). No final de novembro, alguns shows na Rússia. Em dezembro, mais shows pela Europa. Descanso merecido, e a banda tocou duas datas nos EUA, em março deste ano de 2016. Chegamos ao mês de abril, quando a banda desce para a América do Sul, em sua própria turnê, apresentar o bem-sucedido álbum de estúdio "Blind Rage", que domina o set list com cinco canções. Aliás, a fase Mark Tornillo (o novo vocalista, que substitui Udo Dirkschneider; Tornillo já gravou três álbuns com o Accept desde 2010: "Blood Of The Nations", "Stalingrad" e "Blind Rage") domina metade do show. Mas os fãs das antigas não sairão decepcionados, já que os grandes clássicos estarão presentes, e até algumas faixas mais obscuras.

Mark Tornillo e Wolf Hoffmann em ação ao vivo. Foto tirada do site da banda.
Eis o set list que foi praticado nas últimas datas nos EUA e também em algumas datas na Europa (entre parênteses o nome do álbum que contém a canção):
"Stampede" ("Blind Rage", de 2014)
"Stalingrad" ("Stalingrad", de 2012)
"Hellfire" ("Stalingrad", de 2012)
"London Leatherboys" ("Balls To The Wall", de 1983)
"Living For Tonite" ("Metal Heart", de 1985)
"Restless And Wild" ("Restless And Wild", de 1982)
"Midnight Mover" ("Metal Heart", de 1985)
"Dying Breed" ("Blind Rage", de 2014)
"Final Journey" ("Blind Rage", de 2014)
"Shadow Soldiers" ("Stalingrad", de 2012)
"Starlight" ("Breaker", de 1981)
"Bulletproof" ("Objection Overruled", de 1993)
"No Shelter" ("Blood Of The Nations", de 2010)
"Princess Of The Dawn" ("Restless And Wild", de 1982)
"Fall Of The Empire" ("Blind Rage", de 2014)
"Dark Side Of My Heart" ("Blind Rage", de 2014)
"Pandemic" ("Blood Of The Nations", de 2010)
"Fast As A Shark" ("Restless And Wild", de 1982)
"Metal Heart" ("Metal Heart", de 1985)
"Teutonic Terror" ("Blood Of The Nations", de 2010)
"Son Of A Bitch" ("Breaker", de 1981)
"Balls To The Wall" ("Balls To The Wall", de 1983)

A única mudança que percebi nos shows foi a saída da canção "Starlight" para a entrada de "Flash Rockin' Man", do álbum "Restless And Wild". Pessoalmente, até prefiro mais canções deste álbum clássico, talvez o melhor da carreira da banda. Agora é aguardar o dia do show chegar e curtir o heavy metal do Accept!

Alguns vídeos:
"Fast As A Shark", Barcelona, julho de 2015:


"Midnight Mover", Moscou, novembro de 2015:


"Metal Heart", ao vivo no Monsters of Rock do ano passado:

Um abraço rock and roll e até o dia do show!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...