Pesquisar neste blog:

sábado, 19 de novembro de 2011

Whitesnake - Live At Donington 1990


Este post vai falar sobre um lançamento que ocorreu há alguns meses atrás, o CD duplo com DVD "Live At Donington 1990", do Whitesnake. Trata-se do show que a banda fez no famoso festival Monsters Of Rock, na época em que tinha em sua formação o grande guitarrista Steve Vai. Com ele, a banda lançou "Slip Of The Tongue" e partiu para uma turnê de divulgação - o show no festival foi o grande ápice da excursão.



A banda ao final do grande show, da esquerda pra direita:
Rudy Sarzo, Tommy Aldridge, David Coverdale, Adrian Vandenberg e Steve Vai
A história desta formação começa com a saída de Vivian Campbell (ex-Dio, atualmente no Def Leppard) da banda. Adrian Vandenberg já tinha composto o repertório para o próximo disco da banda junto com Coverdale, mas sofreu uma contusão e ficou com sérias dificuldades de tocar guitarra por um tempo. A ideia da banda, inicialmente, era chamar um novo guitarrista somente para a turnê, mas com o problema de Vandenberg, Coverdale não teve outra alternativa senão chamar um novo membro para manejar o instrumento de seis cordas. O escolhido foi o virtuoso Steve Vai. Vai já tinha uma carreira movimentada àquela altura: ele já tinha participado da banda de Frank Zappa, substituído Yngwie Malmsteen no Alcatrazz e tocado ao lado de David Lee Roth - ah, também fez o filme "Crossroads", ao lado de Ry Cooder. Com tamanho currículo, ele só aumentou as expectativas para o lançamento do sucessor do multiplatinado "Whitesnake", de 1987. Apesar da presença de Steve Vai, "Slip Of The Tongue", lançado no final de 1989, traz mais ou menos a mesma fórmula do anterior, com regravação de clássico antigo ("Fool For Your Loving"), uma baladinha romântica ("The Deeper The Love") e grandes doses do hard rock famoso na época. Claro que a guitarra de Vai trouxe certa diferença, mas não a ponto de mudar a característica marcante deste álbum: o hard rock típico que era praticado na época.

Cartaz de divulgação do festival
Após o lançamento do disco, a banda cai em turnê. Os shows se iniciaram nos EUA e depois partiram para a Europa, culminando com a participação no grande festival Monsters Of Rock, que acontecia anualmente na Inglaterra (posteriormente, o festival acabou acontecendo em outros países, incluindo o nosso Brasil). Naquele ano de 1990, as bandas escaladas para tocar foram Aerosmith, Poison, Quireboys e Thunder, além do Whitesnake, claro (festival bem hard rock, diga-se de passagem - o grunge iria abalar estas estruturas nos anos seguintes...). O festival, sempre realizado no autódromo de Donington Park, na cidade de Leicestershire, aconteceu no dia 18, terceiro sábado do mês de agosto de 1990.

O repertório do show se concentra nos dois últimos álbuns da banda, já citados acima. Temos apenas duas canções do "Slide It In" (a faixa-título e "Slow An' Easy") e a antigaça "Ain't No Love In The Heart Of The City". A performance da banda é inspirada, parecendo se alimentar da energia das mais de setenta mil pessoas presentes. Claro, o visual da época, de roupas de couro, cabelos grandes armados e muito brilho  impera. Steve Vai é um destaque à parte: seu solo extravasa tudo, com guitarra "voando", ele se joga no chão, usa os mais variados modelos de guitarra (veja a foto da guitarra de 3 braços abaixo). Ainda temos duas canções do então recém-lançado "Passion And Warfare", clássico disco da carreira solo de Vai. Outro que se destaca é o baterista Tommy Aldridge, com uma performance fantástica (o belo solo dele foi incluído no show, dentro da canção "Crying In The Rain"). Coverdale tem ótima performance, ainda tinha boa voz na época e tinha mais pique também. Rudy Sarzo e Adrian Vandenberg completam o line up com performances muito boas, em especial o segundo, guitarrista de mão cheia que, segundo a Wikipedia, atualmente se dedica à pintura.

Steve Vai com sua guitarra de 3 braços, formato de coração
Repertório do show:
CD 1:
1 - "Slip Of The Tongue"
2 - "Slide It In"
3 - "Judgement Day"
4 - "Slow An' Easy"
5 - "Kittens Got Claws"
6 - "Adagio For Strato"
7 - "Flying Dutchman Boogie"
8 - "Is This Love"
9 - "Cheap An' Nasty"
10 - "Crying In The Rain"

CD 2:
1 - "Fool For Your Loving"
2 - "For The Love Of God"
3  - "The Audience Is Listening"
4 - "Here I Go Again"
5 - "Bad Boys"
6 - "Ain't No Love In The Heart Of The City"
7 - "Still Of The Night"

O DVD contém todas as músicas dos dois CDs e também conta com um pequeno documentário (quase 30 minutos) com os bastidores e making of do disco "Slip Of The Tongue", com narração do próprio David Coverdale. Neste documentário podemos ver a banda ensaiando o repertório, no estúdio de gravação com o produtor Mike Clink (produziu Guns N' Roses e Megadeth, dentre outros) e algumas cenas de shows da turnê. A qualidade das filmagens não é boa, e este fato está evidenciado nos créditos. Mas o áudio, tanto nos CDs quanto no DVD, está com boa qualidade.

Formação da banda que se apresentou no show (bandaça!):
David Coverdale - vocais
Steve Vai - guitarra
Adrian Vandenberg - guitarra
Rudy Sarzo - baixo
Tommy Aldridge - bateria
Rick Serate - teclados

Após o show em Donington, a banda fez mais alguns shows e se separou. Coverdale veio com a conversa de que ia dar um tempo do mundo musical, mas foi balela. Já no ano seguinte, ele iniciou as gravações do projeto com Jimmy Page. Mas esta é uma outra história... (quem sabe para outro post...).

Alguns vídeos do show:
"Fool For Your Loving":

"Here I Go Again":

"Still Of The Night":

Fique ligado no blog que faremos dois posts de retrospectiva: um dos lançamentos e outro dos shows que rolaram em 2011. Fique ligado pelas redes sociais: TwitterFacebookTumblrRock and Roll!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...