Pesquisar neste blog:

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Rock And Roll Hall Of Fame - Mais ausências

Pouco mais de dois anos atrás fizemos um post aqui no blog (leia aqui) falando sobre as principais ausências no Rock And Roll Hall Of Fame. Listei dezesseis grandes bandas de rock, todas esquecidas por esta instituição (e duas dessas ausências foram incluídas no Hall desde então: Kiss Stevie Ray Vaughan). E agora, trago pra vocês mais dez artistas/bandas injustiçados, elegíveis há pelo menos cinco anos!

Desta vez, os injustiçados terão mais envolvimento com hard rock/heavy metal. Isso mesmo, é hora de colocar o peso das guitarras nesse museu!! Lembrando que, para um artista ou banda ser elegível, precisa ter lançado seu primeiro álbum há 25 anos - ou seja, cujo lançamento tenha acontecido em 1990. E lembrando também que a lista abaixo está por ordem alfabética do nome do artista ou banda. Vamos a mais dez esquecidos do Rock And Roll Hall Of Fame!

Anthrax - primeiro álbum lançado em 1984 (6 anos de injustiça) - nossa primeira banda é um dos principais nomes do thrash metal, uma das quatro do chamado Big Four (outras duas aparecerão mais abaixo...), inovadora e dona de um poderoso catálogo de dez álbuns de estúdio lançados, tais como "Spreading The Disease", "Among The Living" e "Persistence Of Time", dentre muitos outros. Já fez parceria com o Public Enemy (este já incluído no Hall) e tem uma coleção de discos de ouro. Nenhum desses motivos impressionou, até agora, o comitê do Rock And Roll Hall Of Fame. Esse comitê precisa de umas aulas de thrash para incluir os principais nomes do estilo no Hall!!

Dio - primeiro álbum lançado em 1983 (7 anos de injustiça) - tente imaginar o mundo do rock/heavy metal sem a poderosa voz de Ronnie James Dio e clássicos do calibre de "Rainbow In The Dark", "Holy Diver""We Rock""The Last In Line" e muitos outros... Não dá! O baixinho mais valioso do heavy metal já deveria ter sido incluído junto com o Black Sabbath (somente a formação mais clássica, com Ozzy, foi incluída...), pois sua contribuição para com a banda foi deveras importante, e também precisa ser incluído com o Rainbow (ver mais abaixo). Então, a demanda é esta: inclusão de Ronnie com o Sabbath, com o Rainbow e com sua carreira solo! O melhor vocalista de todos os tempos merece!!

Exodus - primeiro álbum lançado em 1985 (5 anos de injustiça) - se existe uma banda injustiçada no mundo do heavy metal, essa banda é o Exodus. Os caras foram pioneiros na cena de San Francisco junto com as demais, só que não conseguiram um contrato cedo e acabaram lançando o seminal e fundamental álbum de estreia, "Bonded By Blood", quase dois anos depois das demais. Ainda sofreram com problemas com seu vocalista original, Paul Balloff, que saiu da banda, fazendo com que eles recomeçassem com Steve "Zetro" Souza. Depois, Balloff retornou, mas faleceu e acabou dificultando pra banda novamente. Ainda assim, os caras lançaram uma coleção de petardos fuzilantes, fundamentais para o estilo thrash metal: o já citado álbum de estreia (para mim, o melhor disco de estreia entre todas as bandas thrash), "Fabulous Disaster", "Tempo Of The Damned" e o excelente retorno de Souza com "Blood In, Blood Out", do ano passado. Impossível um mundo sem os riffs matadores de Gary Holt, os gritos esganiçados de Zetro e a bateria fulminante de Tom Hunting. Mais reconhecimento para o Exodus, já!! 

Gary Moore - primeiro álbum lançado em 1978 (12 anos de injustiça) - o estilo predominante das bandas deste post é o hard rock/heavy metal, e Gary Moore construiu carreira nos anos 80 com grandes discos totalmente dedicados a esses estilos! Basta citar o álbum "Run For Cover", de 1985 (com Glenn Hughes nos vocais); e o álbum "After The War" (com participação de Ozzy Osbourne). Além desses clássicos dos anos 80, temos também o excelente álbum de estreia, "Back On The Streets", de 1978, e os grandes álbuns de blues do começo dos anos 90, "Still Got The Blues" e "After Hours". Sem contar suas participações fundamentais, durante os anos 70, no Thin Lizzy (outra banda injustiçada e já citada no post anterior). Um dos melhores guitarristas da história do rock, passeou com desenvoltura por diversos estilos e merece um lugar no Rock And Roll Hall Of Fame!!

Megadeth - primeiro álbum lançado em 1985 (5 anos de injustiça) - Dave Mustaine esteve no embrião do Metallica, já indicado ao Hall. Depois que foi expulso da banda, partiu para formar sua própria, e apesar dele sempre perseguir o sucesso que sua ex-banda teve, o Megadeth alcançou um nível de excelência impressionante ao longo de trinta anos de carreira. Alguns dos álbuns da banda são considerados extremamente influentes, como os excelentes "Peace Sells... But Who's Buying?" e "Rust In Peace", além dos platinados "Countdown To Extinction" e "Youthanasia". O estilo extremamente rápido de tocar de Mustaine influenciou centenas, milhares de guitarristas ao redor do mundo. Seus clássicos costumam ser entoados aos gritos, como é o caso de "Symphony Of Destruction" na América do Sul (especialmente na Argentina). Uma banda fundamental do cenário heavy metal, que merece indicação imediata!!

Ozzy Osbourne - primeiro álbum lançado em 1980 (10 anos de injustiça) - Ozzy já foi incluído junto com a formação clássica do Black Sabbath, mas sua carreira solo também é muito importante. O cara deu visibilidade a Randy Rhoads e juntos criaram clássicos do porte de "Crazy Train" e "Mr. Crowley". Depois, ele descobriu Jake E. Lee e soltou clássicos como "Bark At The Moon" e "The Ultimate Sin". Não satisfeito, tirou Zakk Wylde do anonimato para criar ainda mais clássicos como "No More Tears" e "Mama, I'm Coming Home". Criou um festival itinerante com seu nome (Ozzfest). E ainda mordeu morcego e mijou no Álamo! O cara é uma lenda viva do rock e não pode ter sua carreira solo ignorada por esse museu. Indicação imediata e obrigatória para o madman!!

Rainbow - primeiro álbum lançado em 1975 (15 anos de injustiça) - não estamos falando de uma banda do underground, de uma banda pouco conhecida. Estamos falando de um baluarte do rock, uma das bandas mais clássicas que passaram pelos saudosos anos 70. Liderada por Ritchie Blackmore (já injustiçado por não ter sido incluído com o Deep Purple), já teve diversos músicos de primeiro quilate em sua formação: Cozy Powell, Jimmy Bain, Bob Daisley, Don Airey, Roger Glover e o mestre Ronnie James Dio nos vocais, além de outros belos vocalistas como Graham Bonnet e Joe Lynn Turner. Estamos falando de clássicos tais quais "Catch The Rainbow", "Stargazer", "Kill The King", "Long Live Rock 'N' Roll", etc. Influência massiva em um monte de bandas que surgiram desde então. Só pra exemplificar: Anthrax, Dream Theater, Metallica, Yngwie Malmsteen, todos já declararam terem sido influenciados pelo Rainbow e/ou coverizaram suas músicas. Então, fica o apelo: Rock And Roll Hall Of Fame, por favor, indique o Rainbow!!

Scorpions - primeiro álbum lançado em 1972 (18 anos de injustiça) - estamos falando aqui de uma banda de 50 anos de estrada. Formada em 1965, só conseguiram lançar seu primeiro álbum em 1972. Passaram o restante dos anos 70 construindo uma base de fãs na Europa, mas foi na primeira metade dos anos 80 que conseguiram seus grandes sucessos, tanto na Europa quanto nos EUA. Desta fase de ouro, temos os grandes clássicos "Holiday", "Big City Nights", "Rock You Like A Hurricane" e "Still Loving You". Os Scorpions passaram os últimos 20, 30 anos lotando ginásios e estádios ao redor do mundo, praticando seu poderoso show. E o Hall insiste em indicar bandas sem história e sem passado musical. Não!! Indiquem os Scorpions!!

Saxon - primeiro álbum lançado em 1979 (11 anos de injustiça) - agora vamos falar sobre um dos principais nomes da New Wave Of Brittish Heavy Metal, movimento que nos deu o Iron Maiden e também a nossa banda, o Saxon - um dos nomes mais influentes dentro do heavy metal. Basta dizer que todas as bandas thrash citadas aqui neste post foram influenciadas por eles. E mais centenas de bandas também foram, ao longo de mais de 30 anos de carreira desses ingleses. Uma carreira com mais de vinte álbuns de estúdio, alguns de qualidade inegável como "Strong Arm Of The Law", "Denim And Leather", "Crusader", dentre muitos outros. Clássicos como "Motorcycle Man", "Heavy Metal Thunder", "Princess Of The Night", hinos que todo fã de heavy metal que se preze conhece de cabo a rabo. Chega de nomes sem importância para o Rock And Roll Hall Of Fame - queremos os grandes nomes do rock e do heavy metal, tal qual o Saxon!!

Slayer - primeiro álbum lançado em 1983 (7 anos de injustiça) - para fechar nosso post, nada como uma das bandas mais aterrorizantes e extremas da história do heavy metal. Os quatro cavaleiros de um apocalipse musical praticado há mais de trinta anos de forma extremamente pesada e letal. Os caras que lançaram "Reign In Blood" e "Seasons In The Abyss", dois dos maiores clássicos da história, divisores de águas para o thrash metal. Riffs supersônicos tocados na velocidade da luz pela dupla Kerry King/Jeff Hanneman, os gritos alucinados de Tom Araya e os bumbos meteóricos de Dave Lombardo, elementos da destruição musical que o Slayer pratica. Imagine o mundo do heavy metal sem clássicos como "Angel Of Death", "South Of Heaven" ou "War Ensemble"? Para balançar as estruturas do Rock And Roll Hall Of Fame, Slayer!!

(fotos da Wikipedia ou de algum show que compareci)

Taí, mais dez grandes bandas do rock mundial, todas do universo hard rock/heavy metal, renegadas e esquecidas por este museu, que deveria promover a música de verdade e não artistas de sucesso momentâneo do passado!!

Um abraço rock and roll e até a próxima!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...