Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

AC/DC - Rock Or Bust

Depois de seis anos sem lançar nada novo, os gigantes do AC/DC retornam à ativa com o álbum de inéditas "Rock Or Bust", o primeiro sem o membro fundador Malcolm Young, diagnosticado com demência e sem condições de tocar com a banda (ainda foi revelado que Malcolm se livrou de um câncer no pulmão antes desta descoberta!). Uma perda lastimável que eles tiveram que superar para as gravações. E ainda estão enfrentando problemas com o baterista Phil Rudd, acusado de assassinato e outros crimes na Nova Zelândia.

A banda escolheu repetir o mesmo produtor do álbum anterior, "Black Ice": Brendan O'Brien (já produziu Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Rage Against The Machine). Brendan fez um belo trabalho, produção caprichada que evidenciou a pegada direta da banda. Para substituir Malcolm, uma escolha natural, dentro da família: o sobrinho Stevie Young (Steve já tinha tocado antes com a banda, em uma outra vez que Malcolm precisou se ausentar). As gravações ocorreram entre maio e julho de 2014, em Vancouver, no Canadá. Este é o álbum mais curto, em termos de duração, do AC/DC - apenas 35 minutos. Se compararmos com o disco anterior, são vinte minutos a menos!

Confesso que fiquei com medo de escutar este novo álbum e me decepcionar. Sem um dos principais compositores, o risco da banda soltar um disco meia boca era grande. Pra completar, não me empolguei, logo de cara, com os primeiros singles divulgados. Entretanto, após algumas poucas audições, você percebe que o álbum é tipicamente AC/DC, riffs abundantes e de qualidade, aquele ritmo que te faz bater cabeça o tempo todo, músicas curtinhas e objetivas (nenhuma acima de quatro minutos), diretas ao ponto, sem frescuras, como a banda sempre foi. A curta duração do disco acaba te deixando com um gostinho de quero mais e você acaba sempre querendo escutá-lo novamente.

Formação atual da banda, com o sobrinho de Angus e Malcolm, Steve Young, e sem Phil Rudd
O disco abre com a faixa-título, que tem aquela força única da banda, e ainda tem um refrão pra cantar facilmente e se empolgar: "In rock we trust, it's rock or bust!". "Play Ball", o outro single inicialmente lançado, é mais melódica e aos poucos vai te conquistando. "Rock The Blues Away" é uma das melhores, refrão ganchudo, empolgante, belo solo. "Miss Adventure" não deixa a peteca cair e mantém a pegada rock com tudo, riff de primeira. "Dogs Of War" me lembrou um pouco "War Machine", do disco anterior, começa cadenciada e vai crescendo. "Got Some Rock & Roll Thunder" é outra que não te deixa parado, cadência mais que apropriada para bater cabeça. "Hard Times" é mais arrastadinha, sem estragar o clima alegre do disco. "Baptism By Fire" vem com um riff nervoso, uma levada acelerada que te contagia, outro grande destaque do disco. "Rock The House" e "Sweet Candy" são outras duas excelentes faixas do álbum, mantendo a adrenalina lá em cima, sem tirar o pé do acelerador. "Emission Control" traz mais um belo riff e encerra o disco em grande estilo.

Ao final da audição, você tem certeza que o AC/DC está de volta com tudo. Mesmo com o grande desfalque, a banda fez muito bonito e soltou um disco a altura de sua reputação. A turnê já está marcada e começa em junho, na Europa. A banda surpreendeu e vai encabeçar o festival alternativo Coachella, nos Estados Unidos. Também irá tocar pela primeira vez em 14 anos na TV norte-americana, na entrega dos prêmios Grammy. Para a bateria, um grande mistério: com todos os problemas que envolvem Rudd, ninguém tem certeza se ele estará presente na turnê; o mais provável é que seja substituído, e aí talvez seu substituto seja Bob Richards, que é o cara que aparece nos dois vídeos promocionais divulgados pela banda. Tomara que eles encabecem um certo festival brasileiro que comemora 30 anos e acontece em setembro, seria bom demais!

Relação de músicas:
1 - "Rock Or Bust"
2 - "Play Ball"
3 - "Rock The Blues Away"
4 - "Miss Adventure"
5 - "Dogs Of War"
6 - "Got Some Rock & Roll Thunder"
7 - "Hard Times"
8 - "Baptism By Fire"
9 - "Rock The House"
10 - "Sweet Candy"
11 - "Emission Control" 

Alguns vídeos:
"Rock Or Bust":


"Play Ball":


"Rock The Blues Away":


Um abraço rock and roll e até a próxima resenha!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...