Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Judas Priest - Epitaph

Este post vai falar sobre o DVD "Epitaph", um show do Judas Priest gravado na Inglaterra e lançado em DVD e Blu-ray em maio deste ano. Documenta bem a turnê que varreu o mundo todo - Brasil incluído!

Este DVD/Blu-ray foi o registro do último show de uma longa turnê, 120 shows espalhados por quase um ano - o início da turnê aconteceu no dia 07 de junho de 2011 e este show, escolhido para ser gravado e lançado - o último - foi realizado no dia 26 de maio de 2012. A banda tocou na Europa, América do Sul, América do Norte, Ásia e Europa novamente, fechando em sua terra natal, no Hammersmith Apollo (antes chamado Hammersmith Odeon), um show mais intimista, num local com capacidade um pouco mais reduzida que as arenas que receberam os tios do heavy metal (sim, se o Black Sabbath é considerado o pai do estilo, o Judas Priest estava ali, ao lado, quase o tempo todo, influenciando e sedimentando o metal). Para esta turnê, a banda foi forçada a correr atrás de um substituto para K.K. Downing, que anunciou aposentadoria. O substituto foi Richie Faulkner, um britânico com quase a metade da idade dos demais, que pela juventude acabou adicionando um sopro de vitalidade que deu à banda e a esta turnê uma novidade e uma necessidade de presença para seus fãs e seguidores.

Palco da turnê "Epitaph". Foto: Wikipedia.
A ideia da turnê foi a de uma última grande excursão de despedida pelos palcos do mundo. A banda já está na estrada há uns 40 anos e resolveu parar enquanto ainda entregam um grande show. Bem, tudo muito bonito na teoria, mas em entrevistas recentes, os integrantes já confessaram ter um novo álbum a lançar, que devem excursionar para promovê-lo... Mais um grande nome que anuncia aposentadoria e não cumpre. Ainda assim, foi uma turnê muito interessante, pelo repertório abrangente escolhido: pelo menos uma canção de cada álbum da banda, além de mais alguns clássicos que não podem ficar de fora de um show deles. Algumas escolhas recaíram sobre canções nunca executadas ao vivo, como "Blood Red Skies", do álbum "Ram It Down", e "Never Satisfied", do primeiro álbum do Judas, "Rocka Rolla" (fonte: Wikipedia).

Poster promocional da turnê. Foto: Wikipedia.
Aqui no Brasil, esta turnê passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, na primeira metade do mês de setembro de 2011, com o Whitesnake abrindo os shows (confira aqui uma resenha sobre o show no Rio). E este show não mudou seu repertório (nem o palco e os efeitos, eles são praticamente os mesmos), então quem foi ao show tem a chance de rever esta apresentação, só que em território britânico...

Um ponto negativo deste lançamento é que temos apenas o show: nenhum documentário, vídeo-clipe, entrevista, nadinha de extra. Apenas duas horas e vinte minutos do melhor heavy metal praticado pela banda. Pelo menos, temos o show completo, uma performance perfeita da banda em toda a sua plenitude. Poucos efeitos desnecessários, apenas a edição básica e eficiente para um show de heavy metal. Os meus destaques ficam para os principais clássicos, como na abertura com "Rapid Fire" e "Metal Gods" (com direito a pirotecnia nesta última); as canções mais antigas, há muito não tocadas, como "Starbreaker" e "Never Satisfied"; a performance soberba e arrasadora de "Diamonds And Rust", com começo acústico e final mais pesado; "Beyond The Realms Of Death" e o alternar do seu belo dedilhado com as guitarras de Glenn e Richie rugindo alto e forte; a plateia cantando em uníssono o clássico "Breaking The Law"; Scott Travis destruindo seu kit na introdução de "Painkiller"; a tradicional entrada triunfal de Rob Halford no palco com sua moto e motores roncando em "Hell Bent For Leather"; e o encerramento com outro grande clássico, "Living After Midnight". Enfim, tudo que se espera de um grande show do Judas Priest, um dos maiores baluartes do heavy metal. Aproveitem enquanto os gigantes do metal ainda caminham pelo planeta Terra!!

Relação de músicas:
1 - "Battle Hymn" (introdução ao show)
2 - "Rapid Fire"
3 - "Metal Gods"
4 - "Heading Out To The Highway"
5 - "Judas Rising"
6 - "Starbreaker"
7 - "Victim Of Changes"
8 - "Never Satisfied"
9 - "Diamonds And Rust"
10 - "Prophecy"
11 - "Night Crawler"
12 - "Turbo Lover"
13 - "Beyond The Realms Of Death"
14 - "The Sentinel"
15 - "Blood Red Skies"
16 - "The Green Manalishi (With The Two-Pronged Crown)"
17 - "Breaking The Law"
18 - "Painkiller"
19 - "The Hellion / Electric Eye"
20 - "Hell Bent For Leather"
21 - "You've Got Another Thing Comin'"
22 - "Living After Midnight"

Alguns vídeos:
"Diamonds And Rust":

"Breaking The Law":

"The Hellion / Electric Eye":

"Living After Midnight":

Fique ligado que em breve teremos as resenhas dos shows no Rock In Rio - dias 19 e 22. Um abraço com muito rock and roll e até lá!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...