Pesquisar neste blog:

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Se eu tivesse uma máquina do tempo...

Estava eu passeando pelo YouTube vendo vídeos de bandas que Cozy Powell passou e me veio esta ideia doida para este post: e se tivéssemos uma máquina do tempo disponível para nós? Neste caso, estipularei duas regras para esta estapafúrdia viagem:
1 - A máquina te dá direito a uma viagem no passado, sem interferência no curso da história. Vamos apenas para reviver um momento perdido;
2 - Este é um blog de rock, então a máquina só te levará a algum show de rock ocorrido em algum lugar deste nosso planeta. Pode ser um show que você queira reviver ou então um show que você queira presenciar. Sua escolha!

A minha escolha vai se limitar a dez shows que eu não estava presente. Momentos mágicos do rock, e você vai perceber que a maioria esmagadora estará localizada nos anos 70... A ordem citada aqui não significa grau de importância, apenas ordem cronológica mesmo. E fica faltando muita banda que queria ter visto; o melhor seria ter vivido os anos 70 com grana pra ir aos shows lá nos EUA ou Europa. Então se segure e vamos entrar pelo Túnel do Tempo (essa série era tão legal...)!!

Poster do Festival Woodstock. Foto: Wikipedia
Woodstock Festival - New York, EUA, agosto de 1969 - claro, o primeiro show que me vem à cabeça é um dos maiores e mais importantes festivais. Durante três dias, artistas fundamentais para o rock passaram por lá e fizeram apresentações épicas. O festival foi o marco de uma geração, e estar presente a um evento desses teria sido incrível. Imaginem estar presente em um festival que teve apresentações de Creedence Clearwater Revival, Santana, Janis Joplin, Grateful Dead, Jimi Hendrix, The Who (tocando a ópera "Tommy" na íntegra!), Joe Cocker, The Band, Ten Years After, ufa! Nem citei todo mundo... A gente tem que se conformar em ver os DVDs e filmes que registraram este marco musical...

Um dos filmes lançados documentando a turnê dos Stones de 1972
The Rolling Stones - EUA, 1972 - esta foi a turnê do disco "Exile On Main St.", clássico supremo da discografia deles. Estavam no auge, e diversos filmes documentam esta era de escândalos, excessos com drogas e groupies (já é lendária a famosa cena de Keith Richards pegando uma pelo colo e levando-a a sua boca...). A essência musical dos Stones foi magnificada neste período com Mick Jones na segunda guitarra, e era esta formação que eu gostaria de ter visto ao vivo...

Imaginem só ser um dos presentes desta plateia...
Deep Purple - Tóquio e Osaka, Japão, agosto de 1972 - outra banda no seu auge, o Purple tinha lançado o "Machine Head" e fez esta turnê no Japão, com shows incríveis que acabaram se transformando em um dos melhores discos ao vivo da história do rock: "Made In Japan". Nada contra Steve Morse, mas para mim, Deep Purple precisa ter Ritchie Blackmore e Jon Lord. Simples assim!

Yes ao vivo em 1972
Yes - Londres, Inglaterra, dezembro de 1972 - uma das bandas mais importantes do rock progressivo vinha de uma sequência incrível de lançamentos: "The Yes Album""Fragile" e "Close To The Edge", uma trinca de álbuns que poucas bandas conseguiram lançar em sequência. Então lá estamos em Londres, no finalzinho de 1972, quando a banda estava se apresentando e aproveitaria estes shows para gravá-los e lançá-los posteriormente como o discaço ao vivo "Yessongs" e também como um filme documentando a turnê. Estamos falando da formação clássica da banda, com Anderson, White, Howe, Squire e Wakeman. Tocando seus clássicos ali, fresquinhos. Quem sabe a gente volte a ver a formação clássica do Yes ao vivo, tomara...

Poster do festival California Jam
California Jam - California, EUA, abril de 1974 - mais um festival na minha lista, este porque consta duas de minhas bandas preferidas: Black Sabbath e Deep Purple. De quebra, ainda levo um show do Emerson, Lake & Palmer. Temos diversos vídeos dos shows para se ver, como por exemplo o Sabbath tocando "Children Of The Grave". Do show do Deep Purple (um dos primeiros shows da formação MK3, com Glenn Hughes e David Coverdale), tivemos vídeos da apresentação inteira lançados, incluindo Blackmore destruindo uma das câmeras que gravavam o show. Mais um festival que marcou época e que eu gostaria de ter vivenciado...

Pink Floyd ao vivo nos anos 70
Pink Floyd - Los Angeles, EUA, abril de 1975 - o Pink Floyd sempre foi conhecido por revolucionar o conceito dos shows, tanto em efeitos visuais quanto na qualidade musical das apresentações. Gostaria de tê-los visto especialmente na turnê de divulgação do grande disco "Wish You Were Here". Nesta turnê, eles tocaram as principais canções do disco sendo lançado assim como todo o disco anterior (um tal de "Dark Side Of The Moon"...) e fechavam com "Echoes" sendo tocada inteirinha. Fantástico! Sem palavras pra descrever o que teria sido esta experiência. A gente se consola com as apresentações de Roger Waters, que são excelentes, mas assistir a banda toda teria sido um acontecimento, que agora não é mais possível...

Led Zeppelin em ação
Led Zeppelin - Earls Court Arena, Londres, Inglaterra,  maio de 1975 - cinco noites totalmente esgotadas na maior arena da Inglaterra na época. Minha escolha para assistir a um show do Led Zeppelin teria sido esta. Talvez muita gente escolhesse os shows no Madison Square Garden que originaram o fantástico filme "The Song Remains The Same", mas eu preferi escolher esta turnê para contar com as canções do clássico "Physical Graffiti", incluindo a minha preferida "In My Time Of Dying". Partes das apresentações desta turnê podem ser conferidas nos DVDs da banda. Um show do Zeppelin era um acontecimento à parte, era mágico. Se um show com dois membros da banda no Hollywood Rock já foi, imaginem a banda completa...

O show que acabou virando DVD
Rainbow - Munique, Alemanha, outubro de 1977 - minha sede de ver Ritchie Blackmore ao vivo se completaria (depois de dois shows com o Deep Purple) com este show do Rainbow, banda que gosto muito por contar também com um dos meus vocalistas preferidos, Ronnie James Dio. A formação que tocou neste fantástico show, transmitido pela TV e depois lançado em DVD, foi a formação que gravou o último disco do Rainbow com Dio nos vocais, o belo "Long Live Rock 'n' Roll". Então temos duas canções deste disco, mais os clássicos do melhor disco da banda, "Rising", além do clássico "Mistreated" do Deep Purple. Uma banda tão boa e pouca gente dá a devida importância a ela, uma pena...

A capa do famoso filme do AC/DC
AC/DC - Paris, França, dezembro de 1979 - eu consegui matar minha vontade incrível de ver o AC/DC ao vivo no final de 2009, quando finalmente voltaram ao Brasil para aquele show esplêndido no Morumbi (veja este post para uma resenha do DVD deles gravado na Argentina). Mas imaginem ver a banda ainda faminta de vontade de alcançar grande sucesso, na turnê de um de seus melhores discos ("Highway To Hell") e com seu vocalista original, o sensacional Bon Scott! Sim, estamos falando do show que virou filme, "Let There Be Rock" (no Brasil, foi lançado com o nome "Deixa o Rock Rolar"...). Um showzaço, com direito a grandes clássicos, performances arrasadoras de Angus Young, Bon Scott e toda a banda. Uma das melhores bandas de todos os tempos com sua formação clássica, original e tudo, como queria ter visto...

Freddie Mercury em frente ao mar de pessoas do primeiro Rock In Rio
Rock In Rio - Rio de Janeiro, Brasil, janeiro de 1985 - única escolha que não recaiu nos anos 70, tinha que ser o festival que marcou época no nosso país e trouxe diversos nomes de grande importância da música na época. De todos os grandes shows que tivemos no primeiro Rock In Rio, eu escolheria o primeiro dia do festival. Não, não era o dia do heavy metal. Mas era o dia do Queen, que fez aqui no Rio uma fantástica performance, antológica, lembrada até os dias de hoje. Abrindo para eles, nada menos que Iron Maiden, no seu auge artístico e performático, na turnê do disco "Powerslave", e o Whitesnake, também em grande forma, com Cozy Powell na bateria e Neil Murray no baixo, além de John Sykes na guitarra, além de um Coverdale mais novo e inspirado. Ainda tivemos Pepeu Gomes solando tudo antes. Um grande dia, de um festival que marcou época. Do tempo que o Rock In Rio tinha rock em abundância...

Então esta foi minha lista. E vocês, quais shows gostariam de rever? Deixem seus comentários e fiquem ligados pelas redes sociais: TwitterFacebookTumblr . Feliz ano novo, com muito rock and roll e muitos shows pra gente assistir!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...