Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Ainda A - Allman Brothers, Anthrax, Apocalyptica, Audioslave

O Allman Brothers é aquela bandaça que tinha o Duane Allman, o guitarrista que ousou ofuscar Clapton em Layla. Faleceu muito cedo e deixou poucos registros para nós. Mas seu irmão era o líder, tocou o barco e lançou um monte de CDs. E pra quem tá ligado na história mais recente da banda, ela deu origem a outra bandaça: Gov't Mule, formada por membros da banda. Eu tenho o clássico ao vivo, "Brothers And Sisters" e um outro meia boca. Todos devidamente ripados. Confesso que fui descobri-los já nos anos 90. E que prefiro o Lynyrd Skynyrd. Mas o Allman é banda muito boa, diga-se de passagem.
Passamos ao Angra, banda de heavy metal brasileira que continua fazendo sucesso com seu novo vocalista. Lamentavelmente, eu parei no André Mattos, então os CDs ripados ficaram nos primeiros: "Angel's Cry", "Holy Land", "Freedom Call" e o mais fraquinho "Fireworks". Fui a um show do Angra no saudoso Imperator, Méier, RJ. Foi um evento de bandas novas, que fechava com shows de nomes consagrados. A banda estava muito bem e nos presenteou com um cover do Iron Maiden, "Wasted Years". Bons tempos de Imperator...
Anthrax, um dos pioneiros do thrash metal. A banda já teve uns 4, 5 vocalistas, mas o Joey Belladonna continua insuperável. Among The Living e Persistence Of Time são maravilhosos. É pena que para se ter CDs do Anthrax tenhamos que recorrer às importações - vai entender essas gravadoras... (não é à toa que estão perdendo mercado). Apesar da preferência no Belladonna, o John Bush fez bonito e o show que eu vi com ele (Não Sei O Que Hall, na Barra, RJ, vazio, vazio) foi memorável.
Antes do Metallica meter os pés pelas mãos a partir da segunda metade dos anos 90, cortando cabelo, lançando disco ruim e caçando fã que baixava MP3, era super adorado, graças aos excelentes discos lançados até então, principalmente pelo mega-ultra-sucesso do disco preto. E nessa época, surgiu um grupo tocando músicas do Metallica em cellos. Quase todo fã do Metallica ficou curioso (me inclua nessa turma!) e quis escutar o resultado, que ficou muito legal. Era o primeiro CD do Apocalyptica. No segundo CD, eles variaram o repertório, incluindo, além de Metallica, Pantera, Faith No More e Sepultura. Não tinha mais aquele charme inicial mas ainda foi legal. Depois disso, perdi contato com essa banda, nem sei se ainda existe.
Pra fechar este post (e a letra A), Audioslave. É aquela banda resultado da mistura de Rage Against The Machine com Soundgarden. Criou-se muito borburinho em volta deles, enquanto não saía o primeiro CD. Quando saiu, muita gente adorou, mas alguns ficaram desapontados. Também pudera, cheguei a ouvir na época que a banda seria o novo Zeppelin. O CD é muito bom, o Cornell canta muito e a banda é ótima, mas desde o primeiro disco fica aquela impressão que eles não se completam tão bem. Isso ficou evidente no último CD deles, "Revelations". Mas eu não posso negar que fui um dos que adorou a banda desde o começo e fiquei bastante desapontado com o seu fim.
Pois é, a letra A se foi, está toda ripada em agradáveis MP3s. Que venha a importantíssima letra B. Porque tão importante? Ora, Black Sabbath...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...