Pesquisar neste blog:

domingo, 24 de janeiro de 2010

AC/DC, Aerosmith, Agnostic Front, Alice In Chains

Após sofrer durante a madrugada de 01/10 do ano passado, tentando comprar o ingresso pro show do AC/DC pelo site da Ticketmaster (e não conseguir, claro), minha esposa me deu a brilhante ideia: "compra na Saraiva". Parti na hora do almoço para o Rio Sul e adquiri o ingresso para um dos shows mais fantásticos que já vi. Os caras fizeram, de longe, o melhor show de 2009.
Mas, voltando, depois que comprei o ingresso, tinha que me preparar para o show. Sim, eu tenho este ritual de escutar todas as músicas do artista antes de ir ao show. E como o formato MP3 me dá a chance de encher meu pen drive e escutar no trabalho, em casa, onde quer que haja um tocador, comecei minha aventura de ripar os CDs desta bandaça. "High Voltage", o primeiro, é bom demais, e agora, sempre que eu escuto este álbum me lembro do filme "Escola de Rock", Jack Black com aquela roupinha estilo Angus é muito hilário. "Highway to Hell" e aquela saudade danada de Bon Scott, "Back In Black", e chega um de meus favoritos: "Razor's Edge". Este álbum abre com uma das melhores músicas, que no show deixou todos doidos - "Thuderstruck" (enquanto todos aguardavam o show começar, começou a trovejar e todos gritaram "Thunder", bem maneiro). Este álbum levou o AC/DC de volta aos holofotes, trouxe de volta a qualidade e a grana, porque vendeu que nem pãozinho quente.
Depois que ripei todos do AC/DC, a ideia amadureceu: porque não ripar tudo ? Não !!! vai dar um trabalho danado !!! Mas não dá pra ficar lutando contra o avanço tecnológico. Eu já demorei a migrar de vinil para CD. E o CD está morto, faz tempo. Não adianta. Vai dar trabalho, sim, e tem que ser feito. A tecnologia exige !! Depois que o iPod Touch de Natal chegou, a ideia provou estar mais que correta...
Então lá vou eu, Aerosmith. De antigo, só tenho uma coletânea, que só salva "Sweet Emotion" e "Walk This Way". "Pump" é que vem excelente, seguido do também muito bom "Get A Grip".
Agnostic Front é daquelas bandas que não se consegue ficar indifirente, nem a um show nem a um álbum deles. É hardcore de primeira. Em especial, o álbum "Riot, Riot, Upstart", não sei se todos gostam dele, mas eu adoro e a faixa-título é ótima.
Alice In Chains me dá saudades. Saudades do excelente show no Hollywood Rock (1993), saudades do vocalista Laney Staley. Adoro o "Facelift", mais ainda o excelente "Dirt". Mas o novo álbum "Black Gives Way To Blue" está maravilhoso e pesado como o alice sempre foi. Vale a pena!
No próximo post, entro em Allman Brothers, Angra, Anthrax, pra fechar a letra A. A seguir...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...